quinta-feira, 10 de julho de 2014

Surpresa!!!!

Se chegou ao fim a odisseia "cabeceira"? NÃO!!! Mas ao menos hoje já me consigo rir acerca da coisa.

Novos desenvolvimentos e a esperança de que efectivamente este assunto esteja a chegar ao fim: ao fim do dia (20h, vá) ainda não me tinha ligado ninguém de lado nenhum a dizer a hora da entrega. Desato a ligar para a loja e ninguém atendia. Como eu era moça que até estava a conduzir e fui preparada com o auricular, deixei tocar até...ser atendida! E fui muito bem tratada e com toda a delicadeza (já deviam ter escrito algum comentário na minha ficha, suponho, pela diferença no tratamento), explico que precisava de me orientar e que por hora ninguém tinha dito niente. Desligo o telefone e 2 minutos ligam da transportadora...tinham tentado ligar e a linha estava impedida...Boa Rita! Estava a ligar para os outros. Enfim...que sim senhora, entrega amanhã, cabeceira, cama e colchão...oi?!!! Cabeceira?!!! Diz que sim, a colega da mega loja pediu para informar que ia a cabeceira também. Imaginem esta pobre criatura descrente a rir à gargalhada em pleno Pingo Doce...e mais, notem que eu gosto de ser uma pessoa discreta!
Chego a casa e comunico às gentes que...diz que vinha a dita cuja...mas ver para crer passou a ser o meu lema.
E não é que os senhores entregadores trouxeram a peça e que eu gostei mais ainda do que quando a vi na loja?Pena estar...PARTIDA!!!!
É verdade! Se esta novela podia ter terminado hoje? Podia, mas não era a mesma coisa!!! Ah pode ficar com esta para desenrascar e trazemos depois a outra. Resposta minha...se é para ser trocada leve-a agora e traga-me só uma que está boa. Por momentos ainda pensei que fosse a que estava em exposição, dados os desenvolvimentos dos dias anteriores, mas o homem lá ligou para a loja a explicar que era uma devolução e para fazer o desconto no que faltava pagar e diz-me ele...olha, amanhã já trazemos uma nova porque têm 11 em stock. Quase me atirei ao ar! Ontem não tinham nada e só vinham a 22 e hoje têm 11...ahhhhhh que maravilha de serviços em que ninguém faz ideia do que anda a fazer...ou então é culpa do sistema informático...
Então, como não nos podíamos ficar por aqui, liga-me passado umas duas horas uma funcionária do armazém, que por coincidência eu conheço, e diz-me que afinal não podem trazer amanhã a coisa nova porque têm que receber primeiro a estragada, dar entrada, para poder a nova dar saída no armazém. Agora pergunto eu...e se eu tivesse ficado com a partida para desenrascar?!!!!! 

Piadas à parte, que esta situação possa servir de alerta para quem está na mesma situação. Fazer barulho compensa sim! Com educação, é claro, porque insultar e ofender nunca são solução e temos que nos colocar na posição do outro que nos está a ouvir!

Sem comentários:

Enviar um comentário